1. Por que Quadrangular? Pregação: “A visão de Ezequiel”

Aimée Semple McPherson (* link ‘História da IEQ – Aimée Semple Mcpherson) estava realizando uma campanha em Oakland, Califórnia. A grande tenda que acomodava oito mil pessoas estava superlotada, e mais uma grande multidão permanecia ao seu redor. Muitos vindos de longe, e todos os corações estavam famintos da Palavra de Deus. O assunto da pregação era: “A visão de Ezequiel”. (Ez. 1:1-28).

“E do meio dela saía a semelhança de quatro seres viventes. E esta era a sua aparência: tinham a semelhança de homem.” (Ez. 1:5) “E a semelhança dos seus rostos era como o rosto de homem; e do lado direito todos os quatro tinham rosto de leão, e do lado esquerdo todos os quatro tinham rosto de boi; e também tinham rosto de águia todos os quatro. (EZ 1:10)”

Eis que ela começou a pregar, e passou a sentir o poder do Espírito Santo de um modo maravilhoso. Em suas próprias palavras testemunhou:

“Minha alma ficou aterrada; meu coração sobressaltado. A ofuscante glória desta visão celestial parecia não só encher o tabernáculo, mais ainda, a Terra.
Nas nuvens do céu que se enovelavam e se envolviam numa glória de fogo, Ezequiel vira o ser cuja glória nenhum mortal pode descrever.
A medida que ele contemplava aquela revelação maravilhosa o ser Onipotente, podia distinguir quatro faces, os rostos nos quatro querubins: eram o rosto de um homem, de um leão, de um boi e de uma águia.
No rosto do HOMEM, nós vemos o homem dos pesares e acostumado com a aflição, morrendo sobre o madeiro, fazendo expiação por todos os nossos pecados.
No rosto do LEÃO, contemplamos o Batizador poderoso com o Espírito Santo e com fogo.
No rosto do BOI, simboliza o grande removedor de fardos, mesmo que levou nossas enfermidades e nos afastou as doenças, o qual, em seu amor limitado e provisão divina, satisfez todas as nossas necessidades.
No rosto da ÁGUIA, contemplamos a vinda do Rei, quando Ele vier buscar a noiva que o espera – a igreja.
É um perfeito Evangelho. Um Evangelho completo para o corpo, alma, espírito e eternidade. Que maravilha o poder, a majestade disso, caindo em forma de cascata por sobre as muralhas do céu, enchendo, inundando e envolvendo o meu próprio ser. Os dedos do Espírito arrebataram as cordas da harpa eólica do meu coração, e evocaram uma sublime e maravilhosa melodia semelhante ao som de um grande amém.
Dentro de minha alma nasceu uma harmonia que foi desferida, desprendida e sustentada sobre cordas plenas, vibrantes, de onde foram destacadas as palavras que saltaram para a vida: ‘EVANGELHO QUADRANGULAR’.
Instantaneamente, o Espírito trouxe o testemunho. Ondas, vagalhões e oceanos de louvor sacudiram a congregação. Levada sobre os ventos impetuosos de um reavivamento do Espírito Santo. Essa harmonia que nasceu naquele dia foi levada a cabo pelo mundo. A expressão ‘Evangelho Quadrangular’ que o Senhor me deu, distingue vivida e aproximadamente a mensagem que me fora dada para pregar e tornar-se uma palavra doméstica através de toda a terra.”

Embora haja um só Evangelho, quatro são os principais benefícios que Jesus providenciou para a humanidade, no calvário, portanto, quatro são as Doutrinas Cardinais da Igreja:

1. Salvação (representada pelo rosto do Homem – para o mundo amaldiçoado por causa do pecado e enganado por Satanás);
2. Batismo com o Espírito Santo (representado pelo Leão – para uma igreja tímida e fraca);
3. Cura Divina (representada pelo Boi – para a humanidade moribunda e doente, tanto no espírito quanto no corpo);
4. Segunda Vinda do Nosso Rei (representada pela Águia – para o mundo cansado de guerras, lutas, cobiças, ódio e sofrimento).

Outro ponto demonstrado pelo ‘Evangelho Quadrangular’ é o fato de que em cada um dos evangelhos do Novo Testamento Jesus é apresentado de uma forma diferente, a saber:

MATEUS – Apresenta Jesus Como Rei;

• Vindo como o Rei dos Reis (I Ts. 4:16-18)
• O rosto de Águia: Jesus Cristo, o Rei que Voltará
• Evangelho: Mateus
• Jesus é representado como “O Rei”
• Símbolo da Segunda Vinda: a coroa (Ap. 14:14 / 19:12)
• Cor simbólica da bandeira: Púrpura (roxa)
• Versículo-chave: Mt. 26:24 – “Vereis o Filho do Homem assentado sobre as nuvens do céu”

MARCOS – APRESENTA Jesus Como Servo De Deus, O Médico Divino;

• Tocando os enfermos com poder curador (Mt. 8:17 / Is. 53:4)
• O rosto de Boi: Jesus Cristo, o Grande Médico
• Evangelho: Marcos
• Jesus é representado como “servo”
• Símbolo da cura divina: o cálice (I Co. 10:16)
• Cor simbólica da bandeira: Azul-claro
• Versículo-chave: Mc. 10:45 – “Porque o filho do Homem também não veio para ser servido, mas para servir”

LUCAS – Apresenta Jesus Como Filho Do Homem – O Salvador;

• Enviado por Deus para salvar o mundo (Rm. 3:23)
• O Rosto do Homem: Jesus Cristo, o Salvador
• Evangelho: Lucas
• Jesus é representado como “Filho do homem”
• Símbolo da salvação: a cruz (Cl. 1:20)
• Cor simbólica da bandeira: Escarlate (vermelha)
• Versículo-chave: Lc. 19:10 – “Porque Ele veio buscar e salvar o que se havia perdido”

JOÃO – Apresenta Como Filho De Deus – O Batizador No Espírito Santo

• Dando poder e unção do Espírito Santo (At. 1:5,8)
• O rosto de Leão: Jesus Cristo, o Batizador no Espírito Santo
• Evangelho: João
• Jesus é representado como “Filho de Deus”
• Símbolo do batismo no Espírito Santo: a pomba (Mt. 3:16)
• Cor simbólica da bandeira: Ouro (amarelo)
• Versículo-chave: Jo. 1:32-33 – “Esse é o que batiza com o Espírito Santo”

2. Significado Das Cores

Escarlete ou Vermelho (para a salvação da alma – representa o sangue de Cristo por nós derramado).

Ouro ou Amarelo (para o batismo com o Espírito Santo – tipificando o fogo celestial do Espírito Santo).

Azul (para a cura divina – simboliza a cor do céu, de onde vem a cura divina).

Púrpura ou Roxo (para a vinda do Rei – tipifica a realeza de Cristo).

3. Passagens Bíblicas Que Fazem Referências Às Cores Do Evangelho Quadrangular

“Manda-me, pois, agora um homem hábil para trabalhar em ouro, em prata, em bronze, em ferro, em púrpura, em carmesim e em azul; e que saiba lavrar ao buril, juntamente com os peritos que estão comigo em Judá e em Jerusalém, os quais Davi, meu pai, preparou.” (2CR. 2:7)

“E azul, e púrpura, e carmesim, e linho fino, e pêlos de cabras.” (ÊX. 25:4)

“E tomarão o ouro, e o azul, e a púrpura, e o carmesim, e o linho fino.” (ÊX. 28:5)

“Também fez o véu de azul, púrpura, carmesim e linho fino; e pôs sobre ele querubins.” (2CR. 3:14)

“Vinde então, e argüi-me, diz o SENHOR: ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a branca lã.” (IS. 1.18)

“E tirarão as cinzas do altar, e por cima dele estenderão um pano de púrpura.” (NM. 4:13)

4. Significado Dos Rostos

Homem – Revelava rosto de Jesus, o Salvador da humanidade, o Filho do Homem (Mt. 9:6), que esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, tornando-se semelhante aos homens. (Fl. 2:7).

Leão – Simboliza a força e o poder do Espírito Santo, características deste animal. Pessoas que matavam leões eram consideradas valentes (Jz. 14:5-6). Apocalipse fala de Jesus como um leão (Ap. 5:5) e, sobre este mesmo Leão, diz Mt. 28:18 “Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra.”

Boi – O suportador de cargas, manso, obediente e fiel até a morte. “Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.” (Is. 53:4-5).

Águia – Considerada o rei dos pássaros. Com seu olhar penetrante vislumbra as distâncias dos céus. Sobe e desce as nuvens carregando seus filhotes sobre as asas estendidas. Faz seu ninho nos penhascos mais elevados e os reveste com a penugem do seu próprio peito. Jesus está preparando nosso lar nos céus e virá das nuvens para nos buscar e morarmos com Ele (Dn. 7:13-14).

5. Significado Dos Símbolos

Cruz – A cruz é o símbolo da nossa salvação (I Co. 1:18). Está vazia porque Cristo não está mais pregado nela. CRISTO VIVE.

Pomba – A pomba é o símbolo do Espírito Santo (Mc. 1:10-11). A pomba é pura, limpa e mansa. A mansidão do Espírito Santo se reflete nos filhos de Deus, que são cheios do Espírito Santo.

Cálice – O cálice é o símbolo do sofrimento e da dor de Cristo. Jesus orou ao Pai (Mt. 26:39-42). Queria dizer que Ele tinha que beber os nossos sofrimentos como um cálice amargo e difícil de beber.

Coroa – A coroa sempre foi um símbolo de dignidade, realeza, sabedoria. É indicada na Bíblia como sendo um dos ornamentos de Jesus Cristo na segunda vinda. (Ap. 14:14)

6. Quadro Resumo Da Visão De Ezequiel (Ez. 1:1-28)

ORDEM VISÃO ROSTO EVANGELHO JESUS É SÍMBOLO COR
1a Homem – Jesus Cristo o Salvador Lucas aos Gregos Filho do Homem Cruz – Salvação
Escarlate ou Vermelha ou Carmesim
2a Leão – Jesus Cristo o Batizador no Espírito Santo João a todos os Crentes Filho de Deus Pomba – Espírito Santo
Ouro ou Amarela
3a Boi – Jesus Cristo o Médico Marcos aos Romanos Servo Cálice – Cura Divina
Azul Claro ou Azul Celeste
4a Águia – Jesus Cristo o Rei que há de Vir Mateus aos Hebreus Rei Coroa – Segunda Vinda
Púrpura ou Roxo