#MEDITANDONAPALAVRA


Aprendendo a andar com o pai


Mortificai, pois, os vossos membros, que estão sobre a terra: a prostituição, a impureza, a afeição desordenada, a vil concupiscência, e a avareza, que é idolatria;

Pelas quais coisas, vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência;

Nas quais, também, em outro tempo andastes, quando vivíeis nelas.

Mas agora, despojai-vos também de tudo: da ira, da cólera, da malícia, da maledicência, das palavras torpes da vossa boca.

Não mintais uns aos outros, pois que já vos despistes do velho homem com os seus feitos,

E vos vestistes do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou;

Onde não há grego, nem judeu, circuncisão, nem incircuncisão, bárbaro, cita, servo ou livre; mas Cristo é tudo em todos.

Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade;

Suportando-vos uns aos outros, e perdoando-vos uns aos outros, se alguém tiver queixa contra outro; assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também.

E, sobre tudo isto, revesti-vos de amor, que é o vínculo da perfeição.(Colossenses 3: 05-14)


Neste texto o Apóstolo Paulo nos ensina como deve ser o comportamento das pessoas que confessam servir a Cristo nos mostrando que a maneira de viver do cristão deve representar uma precisa coesão entre aquilo que se fala e a forma em que se vive! Assim, aquele que diz servir a Cristo deve manter uma conduta irrepreensível e verdadeira, de maneira que a verdade de Deus resplandeça diante dos homens (Mateus 5:16) e todos glorifiquem ao Pai que está nos céus. Aleluias!!!

Não devemos nos conformar com as imperfeições deste mundo, (Romanos 12:2), pelo contrário, devemos firmar nossos valores de maneira que todos identifiquem em nós o caráter e o bom perfume de Cristo (2 Coríntios 2:14).

Aquele que mente, deve deixar a mentira, aquele que se prostitui, que deixe a prostituição, o que pratica toda a sorte de malignidade deve deixar de pratica-las e se revestir do novo homem aproximando-se do Criador. O apóstolo nos ensina que quando assumimos o modo de vida demonstrado por Cristo o caráter dEle é visto por meio de nós através de atos profundos de misericórdia, benignidade, humildade, mansidão, longanimidade e perdão e, como consequência disso, o amor é esparramado no mundo contagiando a todos e mostrando um Cristo vivo no meio de nós.

O exercício do amor nos apresenta como discípulos de Jesus (João 13:35)

Somente vivendo a verdade de Cristo e demonstrado o amor que Ele nos ensinou, seremos verdadeiros “cristãos”.

Andar como Cristo andou é importante para mostrar Sua obra e fazer a diferença no meio de uma sociedade carente de afeto.

É preciso mudar… Porém, todos concordam que mudar é muito difícil!

E é por isso que Jesus não nos deixou sozinhos!!! Ele foi para o Pai, mas nos deixou aos cuidados do grande Consolador (João 16:7), o Espírito Santo, que nos auxilia em nossas fraquezas (Romanos 8:26) ajudando-nos a nos mover de acordo com a vontade de Deus.

O Espírito Santo nos ajuda em nossas imperfeições e nos faz mais parecidos com Cristo propagando seu amor.

Somos o sal da terra,

A luz do mundo,

E não se pode esconder uma cidade edificada sobre o monte (Mateus 5:13,14).

DEUS ABENÇOE A TODOS!

Pr. Cristina Castro


Author:

Deixe uma resposta